Aquisição da Celcoin reforça estratégia para soluções de Open Finance

Compartilhar

|

A mais nova aquisição da Celcoin representa um impulso na estratégia de desenvolvimento de soluções em Open Finance da fintech especializada em BaaS e infraestrutura financeira. Com investimento inicial de R$ 15 milhões, a Celcoin acaba de adquirir a Finansystech, startup líder em soluções de Open Finance.

Marcelo França, CEO da Celcoin, afirma que a empresa vai continuar olhando para empresas inovadoras com o objetivo de ampliar cada vez mais a sua oferta de serviços e produtos.

“Queremos ser um one stop shop de BaaS e infraestrutura financeira, seja para instituições reguladas, como Bancos, IPs e SCDs, como para empresas não reguladas, que podem usar nossa tecnologia combinada às nossas licenças bancárias”, diz França.

Com a operação envolvendo a Finansystech, a Celcoin comemora sua terceira aquisição em doze meses. Trata-se de uma decisão estratégica da fintech para consolidar sua vertical de Open Finance, que passa a ser liderada por Danillo Branco, CEO e fundador da Finansystech.

Startup líder em soluções de Open Finance, a Finansystech tem se destacado no mercado pela tecnologia e pela inovação. Os recursos tecnológicos da Finansystech permitem a seus clientes se tornarem participantes do sistema financeiro aberto e se habilitarem para iniciar pagamentos, compartilhar dados e realizar gestão de consentimentos.

A partir de agora, além de continuar oferecendo infraestrutura para Bancos, IPs e SCDs participarem do Open Finance, a Finansystech terá acesso à licença de ITP (Iniciador de Transação de Pagamento) da Celcoin. Esse cenário habilita a startup a oferecer soluções como o ITP as a Service, para qualquer tipo de empresa.

“Com a Celcoin, poderemos acelerar nossas vendas e, ainda, levar soluções de Open Finance para um número consideravelmente maior de empresas e instituições financeiras”, ressalta Danillo Branco.

No processo para definição do aporte inicial, a Celcoin considerou, antes da oferta, o valor do ativo em torno de R$ 85 milhões. Esse procedimento é conhecido no mercado como valuation pre Money. Os aportes futuros serão efetuados com base em múltiplos sobre os resultados financeiros alcançados nos próximos dois anos.

A Finansystech possui mais de 40 clientes, entre eles, XP, Magalu, Sumup, Banco Mercantil, Bancoob, Banco ABC, BMP e OpenCo. Dos iniciadores de pagamentos já homologados no mercado, 35% são atendidos pela Finansystech. Cerca de 70% dos clientes da startup já usam outros serviços da Celcoin. A Finansystech, que também atende clientes no Chile, avalia a atuação em outros mercados.

A Celcoin transaciona mensalmente R$ 6 bilhões por meio de sua plataforma de APIs de BaaS, Pix, Open Finance, pagamento de contas, DDA, recargas, saques, cobrança e crédito. “Esse volume é processado mensalmente pelas mais de 300 fintechs e Bancos, 3.000 empresas e ainda redes de varejos que somam mais de 40 mil pontos. Todos estão conectados via APIs na infraestrutura financeira da Celcoin”, afirma Marcelo França, CEO da Celcoin.

Nos primeiros nove meses de 2022, a receita da Celcoin chegou a R$ 81 milhões, 72% acima do valor registrado para o mesmo período de 2021. A Fintech possui receita anualizada de R$ 122 milhões e, até o momento, recebeu R$ 170 milhões em investimentos. Embora já apresente geração de caixa, a Celcoin não descarta novas captações para financiar aquisições e oportunidades de investimento.

Aumente o potencial do seu negócio com nossa infraestrutura

Fale com o nosso Time